segunda-feira, 30 de março de 2009

Piromania



Piromania é o impulso a atear incêndios, entretanto, isso não significa que todo incendiário seja um pirômano. A verdadeira piromania é rara em sua forma típica.

Alguns casos ocorrem em oligofrênicos que ateiam incêndios apenas pelo prazer de ver a chama. Uma incidência mais alta pode ser vista na epilepsia psicomotora ou não-convulsiva e em personalidades psicopáticas.
Nolan Lewis e Yarnell, num dos trabalhos mais completos e bem documentados sobre o assunto, segundo Nobre de Melo, notaram que a grande maioria dos casos de Piromania resultavam da expressão final de conflitos neuróticos agudos, com forte ansiedade paroxística e que culminaram numa descarga impulsiva, não raro facilitada pelo abuso ocasional ou intencional de bebidas alcoólicas.
A característica essencial da Piromania, segundo o DSM.IV, é a presença de múltiplos episódios de provocação deliberada e proposital de incêndios.

Os indivíduos com este transtorno experimentam tensão ou excitação afetiva antes de provocarem um incêndio e existe uma fascinação, interesse, curiosidade ou atração pelo fogo e seus contextos situacionais.
Os pirômanos costumam ser espectadores regulares de incêndios nos arredores, podem acionar alarmes falsos contra incêndio e podem sentir prazer a partir de instituições, equipamentos e pessoal associados com incêndios.

O comportamento incendiário não visa obter ganhos monetários, expressar uma ideologia sócio-política, encobrir uma atividade criminosa, expressar raiva ou vingança, melhorar as próprias condições de vida, nem são em resposta a um delírio ou uma alucinação.

4 comentários:

SCHEIILA OAK disse...

Isto que eu chamo lireralmente de, "É FOGO"!!! Deve ser muita pertubação numa cabeça de um piromaníaco.Deve ser muito força yang envolvendo os chakras e os elementais do fogo.Você sabe que meu lado esotérico predomina nesses assuntos.Muito karma pra trabalhar e resfriar seu espírito.
Beijos>>..........Scheilla Oak

ALEXANDRE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jeiza disse...

ADOREI O ASSUNTO!
TB SOU TERAPEUTA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL E GOSTARIA DE SABER DE ALGUNS AUTORES (ALÉM DESTES CITADOS) QUE VERSAM SOBRE ESTE TEMA!
BJÃO!

Science World disse...

A Piromania, é bastante grave, e ate parece estranha pois os piramaniacos que ateiam fogos, depois podem vir a ajudar a combate-los :S.
Vejam o meu post sobre piromania: http://thescienceworld.blogspot.com/2010/11/especial-mentes-em-chamas-o-que-vai-na.html