terça-feira, 24 de março de 2009

Aperto no peito uma angústia inexplicável !



Sabe aquele aperto no peito, como se uma grande mão apertasse seu coração... e vem uma sensação bem esquisita de opressão. Algo ás vezes inexplicável por que aparece do nada, de repente... e vem aquele sentimento inexplicável, de tristeza misturada com dor e com insegurança...

Essa sensação chamamos de angústia. Uma sensação psicológica, caracterizada por "abafamento", insegurança, falta de humor, ressentimento e dor.

Na moderna psiquiatria é considerada uma doença que pode produzir problemas psicossomáticos.
A angústia é também uma emoção que precede algo (um acontecimento,uma ocasião, circunstância), também pode-se chegar a angústia através de lembranças traumáticas que dilaceraram ou fragmentaram o ego.

Angústia quando a integridade psíquica está ameaçada, também costuma-se haver angústia em estados paranóicos onde a percepção é redobrada e em casos de ansiedade persecutória. A angústia exerce função crucial na simbolização de perigos reais (situação, circunstância) e imaginários (consequencias temidas).

A angústia pode ser um sinalizador para a depressão. Pessoas deprimidas sentem angústia e a ansiedade pode surgir de repente. A ansiedade está associada à respiração também.

A pessoa ansiosa respira muito rápido ou sente uma sensação de sufocamento, "peito apertado".

A angústia é mais comum nas mulheres.

Quando sentir esta sensação desagradável, primeiro afaste a possibilidade de causa orgânica como: distúrbios hormonais como: menopausa, climatério, entre outros. Anemia, problemas cardíacos e depressão, por exemplo.
Geralmente, a angústia está associada à depressão e algumas pessoas são predispostas a sofrer de angústia periódica. Nem sempre quem sente angústia ocasionalmente, sofre de depressão.

A angústia pode ser uma manifestação da ansiedade.

Ao meu ver o passado gera depressão, o futuro ansiedade; então vivamos o presente!!!!

16 comentários:

SCHEIILA OAK disse...

Oi Rosa, to gostando de ver como seu blog ta bombando. Parabéns!!!
É gostei desse assunto porque é a tal coisa, é muito angustiante ter angústia!!!! E a respiração é essencial nesses casos. Você acertou em cheio! uando estamos angustiados nem conseguimos respirar direito. Temos que respirar bem devagar, a respiração abdominal, porque além de oxigenar o cérebro, harmoniza os chakras.Pensar em coisas boas e em cores claras é uma ótima meditação para livrar esses sentimentos Você pelo seu lado psicológico e eu, pelo lado espiritual e alternativo.
Beijocas e uma AURA ROSA pra você
scheilla Oak

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
Se todos se amarem mutuamente;
Se a felicidade for uma Eternidade;
Se a tristeza for mera passagem;
Se a amizade for sincera e de Verdade;
Se a vida for um Dar acima de receber;
Então descobriremos que foi em cada uma desses
momentos que nosso coração bateu mais forte,
e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

(Vera Costa)

Desejo uma linda semana com muito amor.
Abraços.

Maldita Futebol Clube disse...

Blog nota dez! angustia só sinto nos clássicos vasco x fla... o resto é resto... dor no peito sío na perda de alguém muito querido!

sirlei disse...

Olá Rosa...

sirlei disse...

Olá Rosa, amei o seu post.
Ultimamente estou assim, esses sintomas vem quando menos espero, do nada... Dói demais, me falta ar... É estranho!
Será que isso também pode ser ansiedade?
Como faço para tratar?
Não goataria de tomar antidepressivos.
Ás vezes me sinto triste, com um sentimento de que falta algo, que nada tá bom e tento distrair com outras coisas, mas tem dias que isso fica por horas, me faz muito mal, fico sem concentração.
Vc pode me ajudar?
Desde já te agradeço!
Bjus

Ledark disse...

Olá! Eu estava com esse "aperto no peito" e fiz uma busca no google pra ver se havia uma solução.
Daí encontrei esse post, q me fez refletir a causa da "angústia/ansiedade" que estou sentindo no momento. Qndo vc disse que tinha a ver com a respiração, passei a tentar respirar profundamente, e a sensação ruim foi embora.
Obrigado, de uma forma ou de outra.

sirlei disse...

Acho que todos nós, todos os dia sentimos uma baixa, as vezes estamos bem, daqui a pouco sentimos mal, enfim Rosa, estou aguardando seu contato, saber em que mais vc pode me ajudar, por que são raros os dias que estou me sentindo bem!
Tenha um Excelente Final de semana.
Bjus

cristina disse...

Oi Rosa, pela primeira vez te escrevo pedindo que me ajude.Tenho pânico,ansiedade, quando falam que tenho que ir a alguma festa ou lugares públicos, pronto começa tudo, só Jesus. Só quando vou a igreja ou trabalhar que me sinto segura. Obrigada Cris

gilda disse...

ja senti várias vezes uma angústia dentro de mim que me sucumbia alma ,sufocando o meu coração.
e sempre procurei afastá-la de mim.
Então olho pro alvo que é Cristo e digo sempre:
- Senhor Jesus me ajude tu és o meu refúgio e fortaleza sempre presente.
é uma sensação horrivel qui bom q vc abordou este assunto Rosa parabéns.

Raíssa disse...

parte do seu texto foi tirada de outro site. acho q devias citar a fonte. só uma dica. boa sorte

Caroline Parra disse...

Eu sinto exatamente o que está descrito no primeiro paragrafo, ja estou em tratamento psiquiatrico e psicologico desde janeiro deste ano, mas essa dor persiste, nao sei mais o que fazer...é muito ruim, as pessoas ao meu redor acabam sofrendo junto comigo, apesar q na maioria das vezes eu tento não demonstrar que estou sentindo isso. Não aguento mais, preciso de ajuda, alguém sugere algo?

Ledark disse...

@Caroline, talvez, o ideal seja conseguir identificar a causa de toda a agústia, e uma vez sabendo o problema, então é mais fácil procurar pela arma adequada para se proteger/enfrentar o que entristece.

A mudança não é fácil, mas se souber a mudança que deseja fazer, talvez seja um grande e importantíssimo passo. Boa sorte.

Blue Moon disse...

eu estou sentindo esse aperto horrível e até sei qual a causa: eu recebi um email me lembrando de um trabalho que tenho que entregar, eu ainda não fiz e não havia prazo definido, mas eu me senti cobrada, fracassada, leviana e incompetente. a professora disse que não vai dar o livro, o dvd e o certificado do curso a quem não entregou o trabalho. estou me sentindo muito mal. não tive tempo de terminar, mas já tenho a ideia na cabeça. não gosto de ser pressionada.

Blue Moon disse...

fico com esse aperto no coração quando sou pressionada, cobrada, criticada. depois fico com raiva. é horrível.

professor Sebastião disse...

Tenho problemas no coração e ainda por cima sou muito ansioso, e últimamente tenho tido com frequência essa angustia, Meu DEUS! Como é horrível, ser dominado momentaneamente pelo pavor e o medo.
Minha cardiologista me ajuda muito com conversas e nesses momentos busco ajuda no meu Salvador! Jesus Cristo!

Katerine disse...

Estou me sentindo assim a mais ou menos 3 semanas, sinto-me diminuida, triste, um aperto no coração, uma raiva intensa de mim mesma sem nem saber o motivo, tento disfarçar mas sei que estou afetando minha familia com isso, tenho uma marido um filho lindo que tem apenas 4 aninhos e já sabe que não estou bem, sinto-me mais mal ainda por isso,tenho um ótimo emprego mas cada vez que tenho que ir pra lá sinto uma pressão interna sinto como se esse sentimento nunca mais fosse me abandonar, parece que por ser tão persistente que já está esse tempo todo nunca mais vai sair do meu coração, por essas semanas minha respiração está mais rápida, tudo o que está escrito me identifico... não sei mais o que fazer estou a ponto de procurar um especialista.