quarta-feira, 1 de abril de 2009

Mini Barbie - A perda da inocência infantil.




Hoje em dia a maioria das crianças ou melhor meninas parecem verdadeiras adultas em miniaturas, vestidas e maquiadas como gente grande, perdendo assim a magia da inocência de uma criança, perdendo a pureza da infância. tudo bem que os tempos mudaram, mas não exageremos!!!!

Menina-mulher não é legal - O uso muito cedo da maquiagem pode fazer com que a criança só se sinta bem se estiver com a maquiagem. Para ela, estar na moda é a melhor maneira de estar bonita, havendo o risco de erotização precoce.
A maquiagem feita em uma criança deve ser usada em eventos especiais e não no dia-a-dia. Não pode se deve tornar hábito.

A vontade é natural, mas os pais não devem incentivar a criança, somente se for de um modo lúdico, como parte de uma fantasia, por exemplo.
O interesse cada vez mais precoce se deve tanto à cultura da moda, ao incentivo dos pais e à mídia que cria cada dia produtos mais chamativos, com embalagens e propagandas que deixam os pequenos fascinados.

Incentivar a brincadeira como a imitação dos pais que são os "heróis" das crianças é muito positivo para o desenvolvimento dos pequenos, mas tornar os pequenos "escravos da moda" ou dar aos filhos tudo o que pedem é prejudicia

Toda menina sonha em ser a Barbie. Mas, mamãe, saiba se impor nesse momento e deixe claro os limites da criança com a maquiagem. Saiba dizer não, com firmeza

O diálogo é sempre o melhor.

Explique e mostre como ser criança é mais importante do que a vaidade física.


5 comentários:

luiz Fernando disse...

Legal este post.
Muitas crianças se vestem como adultos, com roupas de adultos e as roupas de crianças como os vestidinhos acabam sendo esquecidos, sendo considerados, muitas vezes, "brega".
Os pais deveriam se importar mais, pois tudo o que é feito agora irá refletir no futuro!
Bjs!
Janaina

SCHEIILA OAK disse...

Gostei muito,porque desde os nossos tempos com a Susi, porque a Barbie era importada, sonh´vamos em também ser aquelas bonecas lindas e charmosas! Mas, no entanto, crescemos sem essa vulgaridade, que hoje em dia muitas crianças estão acostumadas porque a televisão, revistas, a mídia em geral acha ótimo vender os produtos, cds,dvds, Só que os pais deveriam dar mais atenção aos filhos e procurar atividades infantis, jogos, teatros, livros para resgatar essa inocência perdida. Mas, o problema também, é a falta de tempo ou até mesmo a falta de paciência de brincar com os filhos, ao em vez de deixá-lo na frente da tv, do computador , em shopping ou em casas de amiguinhas o que contribui e muito para as futuras "barbies", e adolescentes fúteis, sem perspectivas de vida, principalmente a classe social mais baixa que em geral tem engravidado na faixa de 12 anos. Que absurdo neh!!!
Beijocas...........Scheilla Oak

Celamar Maione disse...

Eu não tenho filhos.
Mas vejo o q está acontecendo com as crianças. Perdem a infância e a inocência cedo demais.
Seu blog tem uns assuntos bem interessantes, informativos e de utilidade pública.
Beijão !

Maldita Futebol Clube disse...

Pois é prima , e a infância é uma de nossas maiores riquezas. pureza de ações e ingenuidade só são valorizadas quando entramos em decadência de valores e em órbita difusa, quando os fracassos são maiores que os sucessos! beijos, leandro

Véu de Maya disse...

Olá Rosa Carvalho!
O seu texto me parece bem interessante pois induz reflexões pertinentes.
a criança tem, dada a biologia e psicologia específicas, seu ritmo de desenvolvimento próprio e acelerar nelas condutas adultas de um modo precoce me parece bem antinatural...e até desajeitado.

beijinho,

véu de maya.