domingo, 14 de dezembro de 2008

ANEDONIA



Anedonia é uma palavra que deriva de Hedonismo. Hedonismo vem do grego hedoné, que significa prazer.

É a tendência a buscar o prazer imediato, individual, como única e possível forma de vida moral, evitando tudo o que possa ser desagradável.

Ao contrário do Hedonismo a Anedonia é a perda da capacidade de sentir prazer, próprio dos estados gravemente depressivos.

O interesse humano, assim como a motivação, está indissoluvelmente ligado ao prazer; nos interessamos por aquilo quer nos dá prazer, por aquilo com o qual temos alguma ligação afetiva. Em situações normais a pessoa abre para si um leque de interesses: interesse pelas notícias, pelos esportes, pela companhia de amigos e pessoas queridas, pelo conhecimento em geral, pelos passeios, pelas novidades, pelas compras, pelas artes, pelos filmes, pela comida, pelas revistas e jornais, enfim, cada pessoa nutre um rol de interesses pessoais, evidentemente, interesses por coisas que lhe dão prazer.

Na depressão esse leque de interesses vai se fechando, aparecendo progressivamente um desinteresse e desencanto pelas coisas.

Há um momento onde a preocupação com o próprio sofrimento é o único interesse vivencial do deprimido.

A palavra para designar o ponto mais alto desse fenômeno de perda do prazer é Anedonia, ou seja, a incapacidade em sentir prazer por todas as coisas.

9 comentários:

Véu de Maya disse...

Viva Rosa carvalho!
num espaço curto vc/ não pode abordar o hedonismo em toda a sua amplitude...Epicuro seu fundador, põe realmente a procura do prazer e da felicidade como um objectivo central da vida...mas não apenas o prazer rápido e inferior, atodo o custo...vc/ aprecia poesia e tem uma alta espiritualidade e sabe bem que os prazeres superiores não são tão rápidos assim... amei toda a sua análise...em particular as perturbações psicológicas ligadas à prorura do prazer que podem virar incapacidade de o sentir...Um tema excelente e de grande transversalidade...Excelente a sua postagem...

bjinho pra vc/

Véu de Maya.

aparecida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jesusaindasalva disse...

Olá, gostaria de obter mais informações sobre anedonia, assisti um capítulo de DR. HOUSE, onde o mesmo comenta que esta patologia é originária do Mediterraneo, que manifesta de forma diferenciada em negros e brancos. Como faço estudos bíblicos, tenho um enorme interesse no assunto, vc poderia me ajudar?
meu e-mail é casadosparasempre@rocketmail.com
Obrigada

alki disse...

Olá Drº Rosa, muito bem feita sua colocação, pois tenho anedonia, diagnosticada pelo meu médico Psiquiatra. Antes de ter isso tinha vontade própria, gostava de sair, dançar, passear, assistir filmes etc, hoje não tenho mais interesse em absolutamente nada, fico preso todo meu tempo em casa, as vezes acesso o micro outras procuro fazer algumas coisas de casa, justamente para não me sentir inútil. Não só tenho essa doença e sim muitas outras: depressão, agorafobia,bipolaridade, esquizofrenia, pensamentos intrusivos suicidas, déficit cognitivo, dentre outras. Sou acompanhado por um Psiquiatra há mais de sete anos, tomo medicamentos fortíssimos até hoje. Não tendo nenhuma condição de trabalhar. Tudo isso ocorreu depois de um assédio moral dentro de uma empresa que trabalhei por treze anos.

kika001k@hotmail.com disse...

eu gostaria de saber mais sobre anedonia , tipo tratamento e sintomas em geral, á algum remedio especifico para a dpença ?

Douglas Fróes disse...

Muito bom Rosa! Continue assim.

MARCIO DE SOUZA disse...

Prezada Senhora,
A definição de anedonia,bate completamente com aquilo que foi diagnosticado há 2 anos para mim.
Desde então, além do medicamento, descobri que a perda de foco era o centro de tudo. Passei então a diversificar minhas atividades procurando sempre aquelas que necessitassem de muita concentração. Exercícios físicos, sol e alimentação também ajudaram. Hoje estou 80% melhor, mas sei é que o gatilho foi a pressão de trabalho. A retirada das medicações começará em 6 meses e irá durar outros 4 meses. Parabéns.

Unknown disse...

Acho que estou com esta doença, pois meu marido quem me mostrou,descreve tudo que tá acontecendo comigo, e as minhas reações são todas estas da doença principalmente a de não aceitar os conselhos das pessoas mais próximas de mim. Já não tenho vontade de mais nada, já desisti de todos os meus sonhos,sinto que estou só afundando cada vez mais. Comecei a achar que Deus nao lembra mais de mim, nao consiho nem rezar mais.Preciso de ajuda ,e eu mesmo não consigo me ajudar. Socorro

Aline Lima disse...

Acho que estou com esta doença, pois meu marido quem me mostrou,descreve tudo que tá acontecendo comigo, e as minhas reações são todas estas da doença principalmente a de não aceitar os conselhos das pessoas mais próximas de mim. Já não tenho vontade de mais nada, já desisti de todos os meus sonhos,sinto que estou só afundando cada vez mais. Comecei a achar que Deus nao lembra mais de mim, nao consiho nem rezar mais.Preciso de ajuda ,e eu mesmo não consigo me ajudar. Socorro