quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Luto: separação definitiva.







Hoje a quarta feira amanheceu triste com a notícia do falecimento de Paulinho, um amigo, esposo de minha prima Gisele.


Hoje escreverei sobre luto, duro falar de luto, um dos sentimentos mais perturbadores que pode nos afligir é o sentimento de perda.



Esse sentimento após a morte de um ente querido, chamado de luto, é um processo de adaptação emocional. “É uma reação – normal e esperada – diante da perda de alguém com quem se tinha um vínculo afetivo”.



A dificuldade dos seres humanos em lidar com o luto, com a separação definitiva.



A reação da sociedade diante daqueles que vivem a dor de uma morte, a convivência entre os que estão passando pelo sofrimento da perda.



A perda de um ente querido é sempre muito triste. Por mais que saibamos que um dia a morte chega nunca estamos preparados para isso.



O luto leva seu tempo, precisa dar tempo ao tempo.
A fase do choque pode durar horas ou dias, constituindo-se de desespero, raiva, irritabilidade, amargura e isolamento.



Tais sentimentos podem se manifestar por atitudes emocionais intensas e passam a ser expressos contra todo aquele que venha a compartilhar o luto, como uma manifestação de defesa, pois a aceitação desses sentimentos reafirma a perda.



A fase do desejo é caracterizada por um forte impulso de busca pela figura perdida. Nela ocorre um estado de vigília, de movimentação para os locais onde a pessoa normalmente estaria, e mesmo de chamamento, como formas de descaracterizar a perda, pois se ela é procurada, ela não morreu.



A fase de reorganização, quando há reapropriação de parte da energia do investimento objetal ao ego, caracteriza-se pela aceitação da perda definitiva e pela conseqüente constatação de que uma nova vida precisa ser iniciada.



No entanto, é possível ocorrer recidiva de episódios de saudade e de tristeza.




Paulinho deixará muitas saudades, era jovem, alegre e cheio de vida.

Todos nós, amigos e familiares estamos aqui para ajudar a elaborar essa grande perda.

2 comentários:

SCHEIILA OAK disse...

Rosa.estamos todos muito tristes com o falecimento de Paulinho, tão alegre e jovem....Vai deixar muitas saudades para todos em especial pra Gisele e seus filhos. Não tenho mais o que dizer...
Bjs........Scheilla Oak

Maldita Futebol Clube disse...

Pois é rosda, Paulinho se foi... vida que segue temos que dar força aos que aqui estão e rezar pelo seguimento espiritual do primo querido. beijos, ...ah tem selo pra vc lá no blog viu? chega lá e pega!