sábado, 17 de janeiro de 2009

Estresse Infantil



Estresse é uma reação normal e desejável do organismo frente a situações muito excitantes ou muito difíceis.

O estresse não é uma doença, porém, quando a reação a uma situação estressante é intensa e prolongada, o organismo pode ser debilitado, existindo uma disfunção do sistema imunológico, o que pode determinar o aparecimento de sintomas e doenças.

A capacidade para administrar situações de estresse é muito variável de individuo para indivíduo.

Algumas pessoas lidam melhor com eventos estressantes que outras.

Em todas as épocas, crescer e viver significa ter que lidar com situações de tensão, de estresse e aprender com elas. Entretanto, nos nossos tempos, observa-se uma incidência mais elevada de estresse em todas as idades, inclusive na infância.

O tipo de atividade infantil de anos atrás era menos gerador de tensão. As crianças tinham menos horários a cumprir, ficavam mais em casa, as formas de brincar eram mais apaziguadoras, etc.

Atualmente o estresse provocado pelos riscos da violência urbana, pela poluição ambiental, entre outros males da vida cotidiana, fazem parte da realidade do mundo infantil.
Outro fator importante, como gerador de estresse nas crianças, está ligado diretamente à nossa era tecnológica.

No mundo globalizado, cada vez mais se acelera a velocidade da transmissão da informação.

As crianças são inundadas de inúmeros estímulos ao mesmo tempo e, pela idade, ainda não desenvolveram uma estrutura mental capaz de adequadamente organizá-los.

Como decorrência, elevam-se a excitabilidade e a desorganização interna nas suas mentes.

O resultado, em muitos casos, é o estresse para a criança.

Alguns dos principais fatores de risco para elevação do nível de estresse na infância:
- Brigas constantes ou separação dos pais- Nascimento de irmão- Doenças, hospitalização- Doença mental dos pais- Disciplina confusa por parte dos pais- Expectativas ou cobranças exageradas por parte dos pais- Rejeição ou "bullying" por parte de colegas- Excesso de atividades- Mudanças constantes de cidade- Mudanças constantes de escola.

2 comentários:

Véu de Maya disse...

Viva,Rosa Carvalho!

Amei ler seu texto...pois está muito bem documentado e utiliza linguagem bem clara sobre o stress infantil...dá que pensar aos adultos...me lembro de uma frase de Voltaire" se as crianças são tão inteligentes porque é que os adultos são tão estúpidos!"...quando me diz delicadamente...que está apaixonada pelos meus poemas, com sinceridade, me deixa muito feliz...Vc tb tem uma linda sensibilidade poética que aprecio com toda a pureza... tenha um lindo fim de semana.

com ternura,

Véu de Maya.

Scheilla disse...

Rosa, gostei do comentário de Véu de Maia!!! Homens sensíveis são belos aos olhos das mulheres.... Porque gostamos é de rosas,de rosas , de rosas e acompanhadas de bilhetes, nos deixam nervosas,hahahahahha......
Bjs.......Scheilla